Reflexões Sobre Viagem Astral

Introdução:

Somos todos espíritos encarnados em um corpo físico, em um plano físico. O corpo físico, um envoltório extremamente complexo temporariamente cedido pelo Criador, ou seja, o corpo físico não nos pertence, e por esse motivo nos é cabido o dever de cuidarmos de nosso invólucro da melhor forma que pudermos, caso contrário, estaremos nos dispondo a um processo chamado somatização, em outras palavras, gerando Karma.

O corpo astral, ligado ao corpo físico por outro corpo denominado corpo energético, se desprende do corpo físico, geralmente em momento de repouso do corpo físico, e passa a atuar no plano astral. Esse processo então é denominado viagem astral, sendo a experiência consciente ou não, se trata de um processo natural do ser. Por se tratar de um processo natural, ocorre com todas as pessoas encarnadas independentemente de conhecimento, crença ou religião.

O fato é que a grande maioria da população mundial desconhece esse processo, ou simplesmente descrê. Essa ignorância, no sentido de não ter conhecimento, e também a negligência que ocorre em relação à projeção astral resulta em uma larga massa de pessoas tendo experiências extracorpóreas inconscientes. O que também é um reflexo do elevado grau de inconsciência da atual humanidade em relação à realidade do universo.

Técnicas de viagem astral:

Eu poderia escrever aqui detalhadamente sobre diversas técnicas de projeção astral, ou formas de sair do corpo, como fazer viagem astral, etc. Em primeira instância, por dedução lógica e racional essas palavras fariam sentido e poderiam ser vistas como um conhecimento real, levando-se em consideração o fato de que eu já estudei bastante sobre o assunto. No entanto, a verdade é que elas não passariam de um monte de palavras acumuladas, puramente conhecimento intelectual, desprovidas de um fundo de verdade, ou seja, sabedoria.

Digo isso porque a minha experienciação em viagens astrais é proveniente de um curto período de tempo, ou seja, é algo recente em minha vida.

Essas técnicas denominadas técnicas projetivas, em certa parte, são práticas que envolvem uma movimentação energética, que por sua vez, permitem um melhor controle e também equilíbrio energético por parte do ser. Quem já pesquisou pelo menos um pouco sobre viagem astral, provavelmente tenha encontrado algum conteúdo relacionado a estado vibracional ou EV, exteriorização energética, movimentação energética, e também diversas outras técnicas que são utilizadas tanto para equilíbrio energético, proteção energética e também com o objetivo de facilitar, prolongar, tornar mais frequentes as experiências extracorpóreas.

O fato é que a projeção astral consciente e lúcida é o resultado de muito trabalho, estudo, dedicação, paciência, dentre outras coisas, por um período de tempo indeterminado, aliás, é uma busca incessante, para os que assim desejam, levando em conta o fato de que o universo é infinito, portanto, a capacidade potencial que pode ser desenvolvida levando-se em consideração todos os fatores relevantes quando o assunto é projeção astral é infinita também.

 

O real trabalho:

Nos dias atuais quando se pergunta a alguém, qual o seu trabalho? A resposta, em sua grande maioria, será relacionada ao que a pessoa faz para ganhar dinheiro, ou seja, que trabalho a pessoa exerce em troca de dinheiro. Isso não é um problema, em um mundo onde tudo gira em torno de dinheiro, todos nós buscamos, de diversas formas, garantir nossa subsistência ou abundância por meio da troca de tempo e energia por dinheiro.

A questão aqui é o real trabalho. Isso pode ser definido como o trabalho que realmente é importante, o que todo ser autoconsciente no universo tem o dever de fazer, se já não o faz, fará, mais cedo ou mais tarde, seja por livre e espontânea vontade ou não.

O real trabalho, o ajudar os irmãos, ou simplesmente ajudar, seja lá o que ou quem for, onde, como, quando, em que condições, são questões irrelevantes para os seres evoluídos que já entenderam como funciona o universo, ou seja, são seres que estão comprometidos a servir o Criador a todo instante em sua atual existência, sem parar. O que escrevo agora também é fruto de conhecimento intelectual, mas por uma simples questão de escolha, encontro-me na busca por tal sabedoria.

 

Conclusão:

Chega-se a conclusão então que a viagem astral é um processo inerente ao ser, e que no final das contas, trata-se de uma simples questão de escolha se essa capacidade inerente será desenvolvida ou não. Como sempre, na vida tudo é uma questão de escolha e tudo que as pessoas têm e são, é justamente o reflexo dessas escolhas.

O conhecimento adquirido por causa do investimento de tempo e energia no aprimoramento da capacidade potencial infinita da viagem astral é eterno. O que motiva e muito, tanto o estudante iniciante de projeção astral quanto o projetor experiente, porque tanto um quanto o outro sabe que o caminho do aprendizado é infinito, e quanto mais conhecimento, mais poder, quanto mais poder, mais felicidade.

Tratando de viagem astral e poder. Ser capaz de vivenciar situações inimagináveis para aqueles que nem sequer levam em consideração o fato de algo tão fascinante assim existir, novamente, tudo é uma questão de escolha.

É comum encontrar alguns casos de projetores natos, que já na fase da adolescência passam por experiências extracorpóreas, mesmo sem ter ideia do que está acontecendo. Saulo Calderon, por exemplo, comentou em alguns de seus vídeos que em sua primeira experiência fora do corpo, quando viu seu corpo físico deitado, achou que havia morrido. Wagner Borges, quando passou a ter experiências extracorpóreas, também não entendia o que estava acontecendo e por isso ficou bastante confuso, buscou ajuda de padres, casas espíritas, com a intenção de tentar compreender sua atual situação.

As possibilidades de vivenciar situações inimagináveis, poder se encontrar com seres evoluidíssimos, a comprovação absoluta e irrefutável da continuação da existência da consciência após a morte, as oportunidades infinitas de crescimento em todos os aspectos do ser, e assim por diante. Todas essas questões tornam a projeção astral consciente e lúcida uma busca fascinante de puro crescimento exponencial infinito em todos os aspectos da consciência.

 

Fontes para estudo:

Waldo Vieira – IIPC – Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia.

Wagner Borges – IPPB – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas.

Saulo Calderon – GVA – Grupo Viagem Astral.

Moisés Esagüi – CEC – Centro de Estudos da Consciência.

Roberto Pineda – Projeção Astral.com.

À eterna busca pelo tal crescimento exponencial infinito em todos os aspectos da consciência.

Sobre André Buzata Soares

À eterna busca pelo tal crescimento exponencial infinito em todos os aspectos da consciência.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

3 respostas para Reflexões Sobre Viagem Astral

  1. Silvia diz:

    Parabéns pelo texto, simples e explicativo!!

  2. Muito bom e bem explicado

  3. Chris silva diz:

    Eu faço viagem astral sem nunca ter buscado isso. Simplesmente aconteceu. Já vi tantas coisas inimaginável!

Deixe um comentário: